Casal é preso com dois revólveres na periferia de Dourados

| ASSESSORIA


No início da tarde desse domingo(14) um jovem de 27 anos e sua amasia de 25 anos foram presos após serem flagrados de posse de duas armas de fogo.

O fato ocorreu durante abordagem policial de uma das equipe de rádio patrulha do 3ºBPM, realizada na rua Francisca de Carvalho no Jardim Canaã 1. Os policiais faziam rondas preventivas no local e avistaram o casal em atitude suspeita na rua e realizaram a abordagem. Com o jovem de 27 anos foi encontrado um revólver calibre 38 com 5 munições intactas e na bolsa da jovem de 25 anos mais um revólver calibre 38 co 5 munições intactas.

O jovem portava a arma dizendo que estava sendo ameaçados por uma facção e temendo por sua vida andava armado pra onde quer que fosse.

A amasia do jovem disse que por acompanhá-lo e saber dos problemas também andava armada no intuito de proteje-lo.

Diante dos fatos ambos foram encaminhados a DEPAC, sob registro de porte ilegal de arma de fogo.

 

---

 

Em mais uma madrugada da operação “Carnaval sem COVID”, 90 pessoas são detidas em Dourados

 

Na madrugada anterior 70 pessoas já haviam sido detidas pela violação do Art. 268 - Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

Em mais uma ação coroada de êxito, Policiais Militares do 3ºBPM e da 9ª CIPM, bem como Guardas Municipais, Agentes de Trânsito da AGETRAN e representantes do Conselho Tutelar e Juizado da infância e juventude, voltam as ruas na madrugada desse domingo(14) integrando a operação Carnaval sem COVID, desencadeada pela GMD em parceria com a Polícia Militar é demais órgãos de fiscalização.

O ponto alvo da operação nesta madrugada foi o loteamento GreenVille, localizado nas proximidades do distrito industrial.

Os levantamento apontavam para uma grande aglomeração de pessoas e veículos que simplesmente ignoravam os decretos municipais de toque de recolher, bem com infringido as normas sanitarias e de distanciamento social.

Por volta da 1:30h os órgãos de segurança pública envolvidos na operação fizeram o cerco preventivo na área alvo e iniciaram as abordagens a pessoas e veículos que, com a chegada dos policiais, empreendiam fuga colocando os próprios participantes da operação e as pessoas que estavam na localidade em risco.

Depois da saturação e identificação das pessoas e veículos abordados foi possível constatar crimes de trânsito como dirigir embriagado e outras instruções administrativas que acabaram recolhendo 9 veículos ao pátio da CIRETRAN de Dourados.

No total 90 pessoas foram encaminhadas para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário de Dourados, sendo 27 mulheres e 63 homens, além de um adolescente apreendido.

Desse total 4 pessoas foram presas em flagrante por embriaguez ao volante e ainda cumpridos 2 mandados de prisão.

Para os órgãos envolvidos na operação, o número de pessoas detidas em apenas dois dias revela o quão inconsequentes são os participantes desse tipo de evento que contraria todas as normas de segurança e sanitárias, colocando ou expondo um grande número de pessoas ao contágio e transmissão do coronavírus.

As ações de repressão aos eventos que provocam esse tipo de aglomeração continuarão sendo executados de forma enérgica e com tolerância zero.

Quem for flagrado em aglomerações será detido de responderá criminalmente pela infração sanitária com pena de até 1 ano de detenção, além dos demais crimes que comumente são flagrados nas ações.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE