Judô brasileiro fecha World Masters de Doha sem medalhas

Melhores resultados foram de Beatriz Souza e David Moura, 7º lugar

| JULIANO JUSTO


© ROBERTO CASTRO-MTUR

Na madrugada desta quarta-feira (13), no horário de Brasília, a seleção brasileira de judô fechou a participação no World Masters de Doha, no Catar. Em busca de recuperação dos resultados dos dois primeiros dias, quando a seleção ficou longe dos pódios, os atletas que obtiveram as melhores posições foram os pesos pesados David Moura e Beatriz Souza. Apesar de caírem na repescagem, David Moura e Beatriz Souza terminaram em 7º lugar.  David (acima de 100kg) começou com vitória sobre o campeão do Grand Slam de Paris 2019, Sungmin Kim, da Coreia do Sul. Manteve o desempenho na segunda rodada, superando o holandês Jur Spijkers. Nas quartas-de-final, caiu para o ucraniano Iakiv Khammo. Na repescagem, encarou o russo Temerlan Bashaev e levou um ippon, ficando fora da disputa por medalha.

David Moura +100kg vai para a repescagem do #JudoMasters tentar uma vaga na disputa pelo


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE