Circuito de Laço Comprido anuncia disputa, apesar de proibição

| FOLHA DE DOURADOS


O afrouxamento de atividades que funcionam em meio à pandemia do novo coronavírus chegou ao esporte de maneira 'torta'. O CLC (Circuito de Laço Comprido) está anunciando etapa, mesmo com proibição da Semadur (Secretaria de Meio Ambiente e Gestão Urbana) em relação as competições.

O titular da pasta, Luis Eduardo Costa, autorizou a prática esportiva, baseado no decreto 14.256/20, o mesmo que dispõe de regras para academias, apenas como treinos. Segundo a assessoria da secretaria, torneios ainda são proibidos.

Em cima da autorização, o CLC está anunciando a terceira etapa, rapidamente marcada para 22 a 24 de maio no Parque do Peão, em Campo Grande.

De acordo com documento assinado pelo secretário Luis Eduardo Costa, titular da Semadur (Secretaria de Meio Ambiente e Gestão Urbana), as atividades devem se enquadrar na modalidade outdoor, ao ar livre..

Nele, o decreto prevê restrição de atendimento de até cinco pessoas, em áreas separadas e delimitadas; distância mínima de cinco metros de outros praticante; ausência de contato físico entre profissionais e praticantes; sem compartilhamento de material e sem aglomeração.

Além disso, o local deve seguir as normas de higienização previstas para todos os estabelecimentos, como disponibilidade de água e sabão, e álcool em gel.

O presidente do CLC, Abeldes Petiço, afirmou que os portões não serão abertos ao público, também seguindo decreto municipal. 'Ocorrerá somente a prática esportiva'.

Mas, segundo ele, a organização do evento ainda está estudando as formas para se adequar a modalidade de acordo com as normas do decreto, sem citar quais mudanças devem ocorrer sem que coloque os participantes ao risco de contaminação da covid-19.

Procurado, o secretário não atendeu as ligações do site Campo Grande News. Em nota, a Semadur informou que 'conforme solicitado pelos representantes do Circuito de Laço Comprido, foi autorizada somente a prática esportiva de Laço Comprido, devendo a mesma atender todos os requisitos estabelecido no Decreto Municipal 14.256 e demais legislações e resoluções aplicáveis. Destacamos que não está autorizada a realização de Evento esportivo (etapas de laço comprido) conforme a proibição contida no art. 4º, VI do Decreto Municipal 14.231'. (DouradosNews)



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE