Leia Coluna do Jonas desta sexta-feira, 6

| REDAçãO/GAZETA MS


Jonas Alves da Silva (Silva Junior) - Divulgação

Sexta-feira, 6 de novembro – Dia Nacional do Amigo da Marinha do Brasil. Dia Nacional do riso.

Contagem Regressiva: Faltam 8 dias para 15 de novembro

Pensamento: "O impossível existe até que alguém duvide dele e prove o contrário." – Mateus Gnuztman

Musica: Over The rainbown - Israel Kamakawiwo

Niver: Renato Borges (Xerém-RJ), Alemão Munarin, Minoru Ikeizumi, Minoru Ikeizumi, Guaicurus Antunes, Sergio Alves Miguel . Salud, Felicitá, Dios Lhe Bendiga

Sucesão

Faltando poucos dias para as eleições, Dourados tem sete postulantes à cadeira ocupada hoje por Délia Razuk, primeira mulher a comandar o Executivo douradense.  Em ordem alfabética, para que não haja dúvidas ou idéias maquiavélicas itinerantes, vejamos quem corre atrás do cargo maior do município

Sucessão A

Alan Guedes (PP) – advogado, professor e atual presidente da Câmara de Vereadores de Dourados, tem como vice na chapa Doutor Guto (PL); José Carlos Barbosa - Barbosinha (DEM) – também advogado e professor, está em seu segundo mandato de deputado estadual. Já foi prefeito de Angélica e exerceu os cargos de presidente da Sanesul e secretário de Justiça e Segurança Pública. O candidato a vice na chapa é Valdenir Machado, do PSDB.

Jeferson Bezerra (PMN) – é o presidente do diretório municipal do partido e jornalista. O candidato a vice na chapa é Messias de Souza.

Sucessão B

João Carlos ou Joca (PT) – é professor aposentado da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados). Traz como candidata a vice Lourdes Castro de Oliveira (Lourdes Quilombola).

Mauro Thronicke (PSL) – é empresário e tenta pela primeira vez um cargo político. Como vice Mauro terá João Fabiano Davansso; Racib Panage (Republicanos) – é farmacêutico bioquimico e já disputou por três vezes o cargo de vereador. A candidata a vice na chapa é Dilvânia Todescato; O sétimo candidato é Wilson Matos (PTB) –Wilson é advogado criminalista e professor e será o primeiro índio terena a disputar a prefeitura, tendo como candidato a vice o Professor Léo.

Boa sorte e sucesso aos valientes!

Debate

O decano radialista Odir Pedroso está usando toda energia e tentando colocar, frente a frente, os sete concorrentes a Prefeitura de Dourados. Ele inclusive acertou detalhes para o debate. O presidente da Aced Nilson dos Santos, colocou o auditório da associação comercial à disposição do radialista, oferecendo ainda estrutura de água, som, ar condicionado e outros. Resta saber se vai dar tempo e se haverá interesse dos candidatos, lembrando que este ano não aconteceu nenhum debate entre os candidatos majoritários, o que seria de grande valia para o público em geral poder conhecer um pouco mais quem quer chegar à “cadeira número um” do município.

Força federal

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em sessão administrativa realizada na quinta-feira (5), autorizou, por unanimidade, o envio da Força Federal para a garantia da segurança no primeiro turno das Eleições Municipais de 2020, em municípios dos estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Ceará, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Piauí, Rio Grande do Norte e Tocantins.

Em Mato Grosso do Sul, a Força Federal vai atuar nos municípios de Paranhos, Caarapó, Aral Moreira, Coronel Sapucaia e Ponta Porã durante as eleições de 15 de novembro.

TREs aprovaram

Os requerimentos para a atuação da Força Federal foram previamente aprovados pelos Tribunais Regionais Eleitorais e pelos governos estaduais para garantir que o processo eleitoral transcorra de forma ordeira e tranquila.

Em seu voto, o presidente da Corte Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso, ressaltou a presença de todos os elementos geradores de insegurança que justificam os pedidos.  

Novas regras

As Eleições Municipais de 2020 terão mudança na forma de divulgação dos votos dados a candidatos sub judice, aqueles que ainda aguardam uma resposta definitiva da Justiça sobre a validade da candidatura.

Até 2018, a divulgação dos resultados incluía apenas os votos dados a candidatos deferidos, ainda que houvesse algum recurso pendente sobre a situação deles. No caso de candidatos indeferidos, que ainda tinham algum recurso pendente, a votação não aparecia no resultado, ainda que fosse possível ver a votação em separado. Isso gerava dúvidas para os eleitores que haviam escolhido aquele candidato.

Maior transparência

A partir deste ano, a divulgação incluirá também os votos nos candidatos indeferidos com recurso, cuja situação ainda pode ser alterada. Esses votos são chamados de “anulados sub judice”. Embora a votação seja visualizada junto com a dos demais candidatos, haverá uma marcação deixando claro que os votos do candidato ainda não são considerados válidos.

Os objetivos da mudança foram a maior transparência a todos os votos dados pelos eleitores a candidatos, o prestígio à vontade do eleitor que foi às urnas e a igualdade entre os candidatos que ainda aguardam uma decisão favorável. A novidade também facilita futuras pesquisas nos bancos de dados da Justiça Eleitoral, atendendo a pleito antigo da comunidade acadêmica.

Calamidade

A Assembleia Legislativa de MS aprovou na quinta-feira (5), em discussão única, o Projeto de Decreto Legislativo 64 de 2020, da Mesa Diretora, que reconhece a ocorrência de estado de calamidade pública no município de Ivinhema.

O documento atende a solicitação do prefeito Uilson França Lima, devido aos prejuízos causados por chuvas intensas na região. A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) emitiu parecer favorável à tramitação da proposta.

Cancelamento de Multa

Em segunda discussão, também na quinta-feira, a Assembleia Legislativa aprovou o Projeto de Lei 121 de 2020,  que acrescenta parágrafo único ao artigo 1º da Lei 5.387, de 3 de setembro de 2019, que obriga as concessionárias, operadoras dos serviços de telefonia fixa, telefonia móvel, internet e TV por assinatura a cancelarem a multa contratual de fidelidade.

Proposto pelo deputado Evander Vendramini (PP), o projeto obteve pareceres favoráveis da Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor e da Comissão de Serviço Público, Obras, Transporte, Infraestrutura e Administração.

Cassação

A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados confirmou na quinta-feira (5) decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e declarou a perda do mandato do deputado federal Manuel Marcos (Republicanos-AC), condenado por abuso de poder econômico nas eleições de 2018.

Nesse caso, por já ter havido uma condenação na Justiça, a saída do parlamentar não precisa passar pelo Conselho de Ética ou pelo plenário da Casa. Para a vaga dele na Câmara, será convocado para tomar posse o suplente Léo de Brito (PT-AC).

Telefones úteis

em Dourados

Quantas vezes a gente já precisou fazer uma ligação de emergência, mas não lembrou ou não sabia o número do telefone. Pensando nisso, a Gazeta MS publica alguns números que, se for preciso, serão facilmente encontrado.

Anota aí:

Polícia Militar: 190

Bombeiros: 193

Guarda Municipal: 199 e 153

Polícia Rodoviária Federal (PRF): 191

Polícia Rodoviária Estadual (PRE): 198

SAMU: 192

Polícia Civil - SIG (67) 3411-8080

Aeroporto (67) 3411-7936

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.
Logo publicaremos outros números de emergência.

 

[email protected]