Flamengo goleia Corinthians e mantém briga pela liderança do Brasileirão

Mengão chega aos 34 pontos e briga gol a gol com Internacional e Atlético-MG pela ponta

| ROGéRIO VIDMANTAS


Vitinho, da meia lua, bate no canto de Cássio e marca um golaço na Neo Química Arena (Foto: Twitter Oficial/CR Flamengo)

Um jogo que a torcida do Flamengo não vai esquecer tão cedo. Nem a do Corinthians, mesmo querendo. Pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo (18), o Mengão visitou o Timão em São Paulo e não teve dó, goleando por 5 a 1. Everton Ribeiro abriu o placar no primeiro tempo e, no segundo, Vitinho, Natan, Bruno Henrique e Diego completaram, com Gil descontando.

A goleada mantém o Flamengo na luta pela liderança, agora com 34 pontos e torcendo por tropeços de Internacional e Atlético-MG para terminar a rodada na primeira posição. O Corinthians, com 18 pontos, é o 14ª colocado, mas pode perder posições.

O jogo

O primeiro tempo na Neo Química Arena teve o Flamengo melhor, mas foi o Corinthians que assustou primeiro, aos três minutos, após cruzamento de Otero para Mateus Vital, que não aproveitou. Aos nove minutos, Pedro chegou a abrir o placar, mas o lance foi anulado porque a bola havia saído pela linha lateral no início do contra-ataque. Depois, aos 31, o gol válido. Bruno Henrique passou para Filipe Luís pela esquerda, que ajeitou e cruzou na medida para Everton Ribeiro ganhar de Lucas Piton no alto e cabecear para fazer 1 a 0. O time alvinegro ainda chegou perto do empate com Camanho, que mandou a bola no travessão, e saiu para o intervalo em desvantagem.

A movimentação do segundo tempo foi parecida com a etapa inicial. Se lançando ao ataque, o Flamengo criou chances a marcou mais duas vezes logo no começo. Aos seis minutos, Everton Ribeiro cortou Otero e avançou até rolar para Vitinho, que ajeitou e mandou no cantinho para ampliar. Aos 12, Everton Ribeiro deu outra assistência. O meia cobrou escanteio aberto, na segunda trave, e Natan ganhou no alto com Fagner e Everaldo para cabecear para o fundo do gol e fazer 3 a 0.

O Corinthians respondeu de forma rápida, chegou a marcar com Gil aos 16, mas o gol foi anulado por impedimento. Dois minutos depois, em lance semelhante, o gol valeu. Após cobrança de falta de Luan, Gil subiu bem e testou para dentro da rede. A equipe paulista passou a pressionar mais e chegou perto do segundo gol quando Cazares bateu cruzado e viu Hugo espalmar e mandar a bola na trave. No rebote, Luan encheu o pé, mas foi parado em nova defesa do goleiro rubro-negro.

A partida seguiu agitada, com os dois times se lançando ao ataque. Até que, aos 26, Vitinho abriu a jogada para Isla, que cruzou rasteiro para a área e viu Bruno Henrique chegar para empurrar para o fundo do gol. E, para fechar, Gabriel saiu jogando errado para o Corinthians aos 40, e William Arão roubou a bola para tocar em Lincoln. O atacante abriu para Diego, que limpou a jogada e passou pelo meio até ficar na cara do gol e fechar a vitória rubro-negra por 5 a 1.

 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE