Bombeiros do DF que vão auxiliar a combate a incêndios no Pantanal chegam a MS

Além dos profissionais, a corporação enviou oito veículos e "diversos equipamentos para uso na operação".

| G1 / G1 MS


Chegaram a Campo Grande na manhã deste sábado (10) o grupo de 50 militares do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal que vai auxiliar a força-tarefa que combate os incêndios no Pantanal de Mato Grosso do Sul.

De Campo Grande a equipe seguiu para Corumbá. Além dos profissionais, a corporação enviou oito veículos e "diversos equipamentos para uso na operação". Os militares que vão participar da contenção das chamas são especialistas em prevenção e combate a incêndios florestais.

Os bombeiros já atuaram em outras missões no Brasil, inclusive no próprio Pantanal. De acordo com a corporação, o efetivo enviado não vai afetar a proteção da capital federal, que também sofre com incêndios.

Incêndios no Pantanal

Até o dia 3 de outubro, 2.160.000 hectares já haviam sido destruídos no Pantanal mato-grossense. Se somado com a área devastada em Mato Grosso do Sul, esse número chega a 3,9 milhões de hectares.

As queimadas na região duram mais de dois meses. De acordo com o Ibama Prevfogo, a área destruída representa 26% do bioma.

Equipes de vigilância e atenção especial monitoram pontos estratégicos do Pantanal para evitar que o fogo avance.

Desde janeiro, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registrou mais de 17 mil focos de calor no pantanal. Os números são maiores do que todo o ano de 2019, que registrou 10.025 focos. Um aumento de 74%.

Veja mais vídeos sobre incêndios no Pantanal:



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE