Goleado, Águia Negra perde invencibilidade e lugar no G4

Aparecidense fez 4 a 0 no time de Rio Brilhante neste sábado

| ROGéRIO VIDMANTAS


Alex Rodrigues comemora o primeiro dos dois gols que marcou no primeiro tempo (Reprodução: MyCujoo)

Acabou a invencibilidade do EC Águia Negra na Série D do Campeonato Brasileiro e com goleada. Pela quinta rodada da primeira fase, o time de Rio Brilhante visitou a Aparecidense-GO e perdeu por 4 a 0, o que custou também lugar na zona de classificação no Grupo A5. Alex Henrique marcou dois gols com Uederson e Cardoso completando o placar.

Enquanto o time goiano subiu para terceira posição com oito pontos, o Águia, ainda com seis, caiu para sexto. Na próxima quarta-feira (14), o rubro-negro tenta reabilitação contra o lanterna Vitória-ES, mais uma vez fora de casa.

O Jogo

Com mais controle da bola desde o início, a Aparecidense abriu o placar aos 12 minutos. Pela esquerda, Rodrigues cruzou na área, o goleiro Lúcio saiu torto, até conseguiu acertar a bola, mas a sobra ficou com Uederson que tocou no meio para Alex Henrique. O atacante, mesmo sem jeito, teve tempo para dominar e bater firme para fazer 1 a 0. O time goiano poderia ter aumentado aos 27 minutos se Negueba, livre na linha da pequena área, não tivesse cabeceado para fora cruzamento perfeito de Uederson.

Aos 32 minutos, porém, a assistência de Uederson caiu no jogador certo. O atacante avançou pela direita e cruzou por baixo, pegando a zaga do Águia mal postada. Livre, Alex Henrique não teve trabalho para desviar e fazer o segundo dele no jogo, ampliando a vantagem da Aparecidense. Dois minutos depois veio a primeira chence do Águia, com Douglas arriscando de fora da área para boa defesa do goleiro Tony, desviando para escanteio. Aos 44, Negueba passou por três marcadores e só não fez um golaço porque parou na defesa de Lúcio. Nos acréscimos, em mais um erro de posicionamento da defesa e saída precipitada de Lúcio, Uederson aproveitou e fez o terceiro do Camaleão.

Na volta do intervalo, o Águia quase diminuiu logo no primeiro ataque, com Adriano Luiz, mas Tony saiu bem e abafou a jogada. Aos 11, outra vez Adriano Luiz de frente com Tony e o goleiro da Aparecidense, já no chão, conseguiu evitar gol certo com a perna. Dois minutos depois, o time goiano quase marca em contra-ataque, mas Lucio evitou o gol duas vezes no lance, com Negueba e depois Rodrigues.

Depois o jogo caiu de produção, o Águia ficou nestes dois ataques iniciais e a Aparecidense tratou de controlar o jogo. Mesmo assim teve espaço para marcar outro e caracterizar a goleada em mais uma jogada em que a zaga do time de Rio Brilhante estava perdida. Robert, sopzinho, foi lançado pela esquerda e, já na área, tocou para Cardoso desviar e fazer 4 a 0.

 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE