Brasil começa Eliminatórias goleando a Bolívia em São Paulo

Seleção fez 5 a 0 na Neo Química Arena, com dois gols de Firmino, Marquinho, Coutinho e Carrasco, contra

| ROGéRIO VIDMANTAS


Seleção começa Eliminatórias na liderança, graças ao saldo de gols (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

A Seleção Brasileira começou com goleada a caminhada nas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo Catar 2022. Fechando a primeira rodada, nesta sexta-feira (9), em São Paulo, o Brasil aproveitou a fragilidade da Bolívia e fez 5 a 0. Marquinhos, Philippe Coutinho, Carrasco (contra) e dois de Roberto Firmino construíram a vitória brasileira.

Vencedores na primeira rodada, a primeira posição da classificação é ocupada, na ordem pelo saldo de gols, por Brasil, Colômbia, Uruguai e Argentina, todos com três pontos. Na próxima terça-feira (13), a equipe do técnico Tite enfrenta o Peru, em Lima, às 20h (MS), pela segunda rodada da competição.

O jogo

A Seleção Brasileira foi a dona do jogo na Neo Química Arena desde o início. Com 45 segundos, Renan Lodi cruzou da esquerda e Everton por pouco não marcou o primeiro. Dois minutos depois, foi a vez de Everton aparecer pelo lado do campo e colocar a bola na área, Marquinhos subiu livre, mas testou para fora. O camisa 4 teve nova oportunidade, aos 15, e não perdoou. Danilo fez o levantamento e o zagueiro cabeceou para abrir o placar.

Marcando forte e com mais de 80% de posse de bola, a Seleção Brasileira continuou pressionando. Aos 24, Coutinho arriscou o arremate e viu Lampe fazer grande defesa. O segundo veio na sequência. Renan Lodi, aos 29, fez o cruzamento rasteiro e Firmino completou para o gol. Sem tirar o pé do acelerador, o Brasil continuou em cima. Casemiro tentou em cobrança de falta, aos 37, enquanto Neymar, aos 38, recebeu dentro da área, dominou bonito e também assustou. Mas as duas tentativas pararam nas mãos do goleiro boliviano.

A Seleção voltou para o segundo tempo no mesmo ritmo e, logo aos três minutos, Firmino marcou o segundo dele na partida após cruzamento de Neymar. A Bolívia tentou responder com Bruno Miranda, aos cinco, mas Weverton atento no lance evitou o gol. No minuto seguinte, a Canarinho voltou ao ataque com a dupla Neymar e Firmino, mas o camisa 20 não conseguiu a finalização.

A avalanche brasileira não parou. Mais uma vez Neymar teve boa chance, aos 12, mas viu o arremate passar rente à trave. Até que aos 20, Rodrygo fez o desvio após bola alçada na área e Carrasco mandou contra a própria meta, 4 a 0. Pouco depois, Coutinho aproveitou cruzamento açucarado de Neymar para fazer o quinto, aos 27. Querendo deixar o dele, o camisa 10 da Seleção assustou em três oportunidades. Na primeira teve o gol anulado por impedimento e nas duas seguintes cobrou falta com muito perigo. Mas a goleada de 5 a 0 permaneceu até o final.

 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE