Uma gestação! gerada no lirismo!
parida nos versos que nascem,numa boa,
são momentos que vivemos sem cinismo,
nas asas da ternura que em sentimentos voa.

Uma gestação! refletidas em paixões alucinantes,
encontros deliciosos que em versos transformados,
faz a doce magia de cada instante,
e escritas na emoção de um poeta apaixonado.

Uma gestação! que nasce como uma criança,
e que espera ser feliz nesse mundo,
e renasce em cada nova esperança,
contidas em um lindo amor, profundo.

Uma gestação! refletidas nas linhas dos meus versos,
fluindo porque o amor é relembrado em cada abraço,
Uma gestação! que semeia amor pelo universo,
e prende a pessoa amada no seu laço.

Que doce essa gostosa gestação!
onde a poesia explode vindo do recôndito da alma,
feita com muito carinho e emoção,
e que depois do amor se acalma.

Uma gestação! que não tem nenhuma dor,
fruto de uma relação apaixonante,
Uma gestação! supra sumo do amor,
que renasce mais forte a cada instante.

Adail Alencar Taveira.

Salvador, 05-05-2.017.